Marketing H2H: dois passos simples para humanizar a sua estratégia

Marketing H2H: dois passos simples para humanizar a sua estratégia

Com a popularização da internet, pode-se dizer que o marketing ampliou seus quatro pilares (Produto, Preço, Praça e Promoção) para oito, mudando para Pesquisa, Planejamento, Produção, Publicação, Promoção, Propagação, Personalização e Precisão, tudo para torná-lo mais pessoal, um marketing human to human (H2H).

Personalizar a estratégia de marketing é, ainda, um grande desafio para todo profissional, pois exige particularidades e uma não massificação. Ainda assim, é possível falar diretamente com um cliente, com linguagem e ações individuais.

Análise de dados
Falar que a base de dados é o grande trunfo de qualquer estratégia chega a ser óbvio, mas não poderia ser mais eficaz.

A Sephora aproveitou o movimento típico da Black Friday e conseguiu cadastrar 3x mais leads, em seguida usou esses dados para definir campanhas segmentadas em diferentes plataformas, ofertas e horários de acordo com o perfil de cada um.

Conte histórias
Contar histórias é uma boa forma de atrair o seu público e humanizar a sua oferta. A Imaginarium criou, em seu e-commerce, caixas de diálogo com clientes que desistem da compra, oferecendo descontos em uma linguagem alinhada ao estilo divertido da marca. Dessa forma, conseguiram aumentar a base de leads e entender o que deseja cada consumidor. Esse alinhamento com o branding cria a sensação de narrativa.

O storytelling gera identificação e é uma das bases do People Marketing: a tecnologia (Inteligência Artificial e Big Data), que é usada para automatizar os processos e direcionar o conteúdo certo para cada público, enquanto o storytelling torna a narrativa mais humana.

LEIA TAMBÉM: Com salários até R$ 45 mil, carreiras de marketing estarão em ascensão em 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top