vCinco passos para montar um planejamento de Marketing Digital

Cinco passos para montar um planejamento de Marketing Digital

Montar uma estratégia de marketing requer conhecimento, criatividade e inovação, porém, alguns padrões se repetem. Aqui, enumeramos algumas dicas para facilitar o seu planejamento.

Defina sua meta
Como já dizia o filósofo Sêneca “nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir”, portanto, o primeiro passo é definir quais são os objetivos da sua estratégia. Eles podem ser:

Vendas
Vender mais é sempre o intuito de qualquer negócio. Para tal, o objetivo deve ser focado em preços atrativos e uma boa distribuição de ofertas direcionadas aos consumidores certos.

Fidelização
Clientes leais são a ‘menina dos olhos’ de qualquer empreendimento, portanto, é um ponto importante para o planejamento.

Aumento do engajamento e notoriedade da marca
O engajamento do público com a marca é primordial para o sucesso da estratégia no digital.

Conversão e nutrição de leads
Associado à venda, mas não de forma tão direta, a construção de uma estratégia que respeite as etapas do funil de conversão, atraindo e nutrindo novos leads, também é um tipo de objetivo.

Branding
Uma meta pode ser trabalhar a presença da marca, ganhar notoriedade e construir autoridade.

Pode-se associar mais de um objetivo à estratégia, mas pode ser interessante trabalhá-los de forma separada, se atentando a cada segmento em cada etapa de evolução do negócio.

Qual é o seu público-alvo?
Um dos termos mais utilizados no marketing é o público-alvo. Sem ele, qualquer estratégia está fadada ao fracasso, pois, por mais ambicioso que seja atingir a todos, geralmente se torna apenas um objetivo vaidoso e ineficiente.

Para definir seu público-alvo, tenha em mente:

A construção da sua persona;
Os aspectos sociais;
Fatores como renda, gênero, idade, escolaridade, estado civil, entre outros, determinam quem tem mais propensão a se identificar com a marca.

Leia também: Marketing H2H: dois passos simples para humanizar a sua estratégia

Funil de conversão
Entender a jornada de compra do consumidor e direcioná-lo para um funil de conversão em vendas é como já citado no primeiro tópico, o funil de conversão é a estrutura da estratégia. É preciso acompanhar todo o caminho trilhado pelo consumidor, da descoberta até a compra.

Avaliação de custos
A estratégia precisa estar baseada em uma previsão realista de gastos. É preciso considerar os custos de prestadores de serviço, materiais que serão necessários, recursos para realização de eventos live marketing, e no âmbito digital, os softwares e plataformas necessárias, além de reservar verba para o impulsionamento de postagens.

Não se perca no tempo
Um cronograma detalhado auxiliará na organização, otimização de tempo e evitará furos na sua programação. Seja ele semanal, mensal, semestral ou anual, tudo começa com colocar no papel e antecipar o máximo de situações que possam vir a acontecer, como datas especiais para vendas, épocas de baixa, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top