6 passos para tornar-se um consultor de marketing digital

6 passos para tornar-se um consultor de marketing digital

Muitas empresas ainda se sentem perdidas na hora de definir as estratégias de posicionamento online, portanto, há um mercado latente para aqueles que prestam consultoria em marketing digital.

Um consultor de marketing digital é responsável pelo diagnóstico das necessidades e problemas de um negócio, pensando nas soluções e executando um planejamento.

Tarefas de um consultor de marketing digital:

  • Adaptar negócios para o digital;
  • Assessorar no uso de ferramentas online;
  • Analisar todos os processos de marketing e venda;
  • Entregar um diagnóstico dos pontos online de contato com o público (site, redes sociais, blog, e-mail);
  • Entender o comportamento do consumidor no digital: como se informa e toma decisão de compra;
  • Alinhar os objetivos do negócio;
  • Definir ações e o método a ser implementado;
  • Avaliar métricas;
  • Educar a empresa sobre esses processos.

Vale ressaltar que um consultor, em regra, não executa funções práticas, como gestão de redes sociais e produção de conteúdo, além de atuar em formato de prestação de serviço, não estando à disposição da empresa em tempo integral.

Os atrativos são muitos: horário flexível, trabalhar de onde estiver, possibilidade de lidar com diversos clientes e remuneração satisfatória. De acordo com Jesse Rodrigues, fundador da Escola do Marketing Digital, um profissional com, em média, dois anos de experiência, pode ganhar até R$ 15 mil por mês, quando estabelecida uma cartela de clientes.

Além da consultoria, o profissional pode lucrar com apresentação de palestras, treinamentos, produção de eventos e venda de infoprodutos associados à sua imagem.

Se interessou? Aqui trazemos algumas dicas para iniciar a carreira de consultor de marketing digital:

1 – Estude muito (e sempre!)
É premissa do consultor ser um especialista. Há cursos técnicos, pós-graduações e uma gama de especializações , online e presenciais, mas, para começar, não necessariamente é preciso ter uma formação.

Existe muito conteúdo distribuído na internet de forma gratuita que pode ajudar a dar o start ou a seguir aprimorando. Algo é certo: em uma área em constante evolução e mudanças, como a dos algoritmos do Google, por exemplo, reservar tempo para os estudos faz parte da própria carga horária da profissão.

2 – Pratique
É necessário entender bem as ferramentas digitais para poder utilizá-las. Mesmo que o trabalho não envolva a execução, entender como funciona a estrutura de um blog, de cada mídia social, sites, entre outros, é parte essencial às funções de um consultor.

3 – Crie seus próprios cases
A experiência de um consultor é fator considerado na hora da contratação do serviço, portanto, criar um portfólio é essencial. Ter algo em mãos é uma tarefa difícil para quem está começando, e o que pode ajudar é oferecer serviços a baixo custo para negócios menores, fazer permuta ou até mesmo atuar de forma gratuita para conseguir alguma experiência.

4 – Tenha um pacote de serviços
Como já dissemos, a missão de um consultor é prestar assessoria e atuar no planejamento de ações de marketing. Uma formalidade para assegurar ambas as partes, contratante e prestador de serviço, é delimitar as tarefas a serem executadas em um plano de trabalho detalhado.

5 – Entregue resultados
De nada adianta ter apenas um portfólio com um ideias. Quem contrata espera resultados. Tenha um plano de entrega realista e apresente um trabalho adequado ao que foi proposto.

6 – Saiba vender seu peixe
É comum pensar que o trabalho fala por si só, mas nem sempre é o que acontece. Não deixe de mostrar seus resultados e fazer disso uma vitrine, seja criando um portfólio organizado ou um perfil profissional nas redes sociais, por exemplo. Essa dica é importante para construir sua autoridade na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top